Usuários da Farmácia de Pernambuco passam a receber medicamentos em casa

O Governo de Pernambuco lançou nesta quarta-feira (2) o programa Remédio em Casa. O objetivo da iniciativa é dar comodidade a oito grupos prioritários de pacientes cadastrados na Farmácia de Pernambuco, que passarão a receber seus medicamentos especializados ou de alto custo na própria residência. Inicialmente, 11 mil pacientes cadastrados na Farmácia de Pernambuco residentes na Região Metropolitana do Recife (RMR) serão beneficiados com as entregas.

“Estamos iniciando o Remédio em Casa, que vai garantir o medicamento em casa a mais de 11 mil pessoas na Região Metropolitana do Recife. Queremos ampliar esse programa para que ele chegue a todas as pessoas de Pernambuco que dependem do medicamento da nossa farmácia.  Então, é uma etapa inicial, mas necessária, fundamental, e que vai melhorar muito o atendimento das pessoas e a saúde dos pernambucanos”, destacou Paulo Câmara.

Os grupos prioritários são formados por pacientes diagnosticados com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), asma, Parkinson, Alzheimer, Lúpus, transplantados, com Síndrome Congênita do Zika/microcefalia e transtorno psíquico, que totalizam mais de 9 mil pessoas. Buscando atender um quantitativo maior de pacientes, a Farmácia do Estado também irá dispensar medicamentos para outros dois mil usuários dos grupos acima dos 65 anos e pessoas com dificuldade de locomoção

Os usuários receberão o quantitativo para até dois meses, dependendo dos estoques e da conduta medicamentosa indicada para cada paciente.

Deixe uma resposta