Prefeitura de Iguaracy diz que não pagou e que devolverá respirador mecânico sem registro na Anvisa

A Prefeitura de Iguaracy informou em nota que através do processo de nº 039/2020 e com fulcro na Lei 13.979/2020 foram negociados vários materiais hospitalares para o Hospital de Campanha de combate ao Covid-19 junto a empresa Polo Hospitalar LTDA com sede em Garanhuns.

“Dentre os matérias negociados consta um respirador mecânico BR 2000 (Bioex), que foi entregue a edilidade no dia 24 de maio de 2020 e que já no dia 25 de maio a administração entrou em contato com a empresa para informar que na etiqueta do supracitado respirador não constava o número de registro junto a Anvisa. Diante da ausência do referido registro na Anvisa, o Município não fez o pagamento do respirador, e notificou a empresa para fins de devolução do equipamento”, disse a prefeitura.

Conforme a prefeitura, não existe investigação decorrente da aquisição. “Outrossim, informamos que o Município de Iguaracy vem adotando como medida preventiva não efetuar qualquer pagamento antes de verificar e atestar o objeto da compra, e que temos plena consciência de que os atos praticados foram pautados dentro da legalidade e com a finalidade de servir a população, não gerando qualquer prejuízo, pois reiteramos que não foi feito o pagamento do referido respirador”, frisou.

A prefeitura ainda afirmou que não medirá esforços para comprar um respirador para servir a população de Iguaracy com a maior brevidade possível.

Deixe uma resposta