Aglomeração na Feira Livre de Tabira

Apesar da recomendação de distanciamento social e da proibição de aglomerações devido a pandemia do coronavírus, a Feira Livre de Tabira realizada na manhã de ontem (2) acumulou um grande número de pessoas no mesmo local.

O fato chamou a atenção de muitos populares que estão cumprindo o período de quarentena. Eles usaram as redes sociais para criticar a aglomeração e cobrar uma atitude dos órgãos fiscalizadores. “A culpa é da população, mas também das autoridades. É preciso agir com mais firmeza”, disse uma internauta.

A Prefeitura informou que faria adequações para evitar a aglomeração de pessoas na feira, porém as medidas não tiveram o resultado esperado. Entre as mudanças estiveram a instalação de bancas apenas de um lado da rua e a antecipação do horário de encerramento. Também houve restrição dos produtos comercializados, sendo permitido apenas frutas, verduras, cereais e carnes.

A recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) é que as bancas disponibilizem álcool gel para higienização das mãos e que vendedores e consumidores mantenham distância mínima de 1,5 metros. Os feirantes ainda devem usar equipamentos de proteção individual e higienizar constantemente as bancas.

Deixe uma resposta