Prefeitura de Patos adota novas medidas restritivas após avanço da Covid-19

Patos contabilizou neste domingo (10) um total de 93 pessoas infectadas pela Covid-19. O avanço rápido da doença motivou a adoção de novas medidas restritivas que entraram em vigor nesta segunda-feira (11). Também foram feitas recomendações ao setor privado na tentativa de frear o contágio.

Foi decretado o fechamento de centros comerciais como Mercado Público Juvino Lilioso e Mercado Darcílio Wanderley. Ainda foi mantida a suspensão de funcionamento de academias, ginásios esportivos públicos e privados, shoppings, galerias, bares, restaurantes, casas noturnas, boates, cinemas, teatros, circos, parques de diversão e estabelecimentos congêneres públicos e privados. Também devem permanecer fechados lojas e estabelecimentos comerciais.

Foi determinado a suspenção do acesso à praças e a permanência de pessoas nas ruas. Reuniões nos logradouros públicos para prática de atividades sociais, esportivas ou culturais devem ser interrompidas. Será ressalvado o direito de ir e vir da população, desde que estejam utilizando máscaras.

Restaurantes, lanchonetes e congêneres poderão funcionar exclusivamente para entrega em domicílio. Os estabelecimentos que funcionam em rodovias fora do perímetro urbano devem funcionar apenas para o fornecimento de alimentação pronta. Os motoristas de transporte de carga serão priorizados.

Lojas e outros estabelecimentos comerciais também só poderão funcionar por meio de serviço de entrega de mercadorias. É vedado o atendimento presencial de clientes dentro das suas dependências.

Deixe uma resposta

Next Post

Sinduprom-PE cobra reajuste dos profissionais do magistério em São José do Egito

seg Maio 11 , 2020
Com informações de Anchieta Santos O piso salarial dos profissionais da rede pública da educação básica foi reajustado pelo Ministério da Educação em 12,84%. Com isso, o vencimento dos profissionais do magistério passou de R$ 2.557,74 para R$ 2.886,24. O acréscimo está previsto na Lei 11.738 de 2008, que estabelece […]